quinta-feira, 15 de outubro de 2009

O Caminho para o lar

Aqui estão os elementos chaves pelos quais nos reconciliamos com o Pai. Todos e cada um deles são vitalmente importantes. Se apenas um somente estiver ausente, poderá impedir nosso relacionamento de ser totalmente completo.
Nossa condição: Em primeiro lugar precisamos entender que nós estávamos separados de Deus. O abismo que nos separa de Deus é largo e profundo. Herdamos por nascimento um defeito fatal. Como resultado disso, nós vivemos nossas vidas independentes Dele. A Bíblia destaca esta realidade desoladora: “Porque todos pecaram e carecem da glória de Deus” (Romanos 3:23). Se não podemos aceitar o fato de que o pecado nos separa de Deus, nunca chegaremos a um lugar, porque não sentiremos a necessidade de um Salvador.
O remédio de Deus: Em segundo lugar, necessitamos ter uma compreensão muito clara de quem é Jesus, e o que Ele fez por nós, de maneira que possamos com toda confiança por nossa fé em Jesus. Ele se fez como ponte entre o abismo que nos separava de Deus. Nas palavras do apóstolo João: “Por que Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu Filho unigênito para todo aquele que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.” (João 3:16)
Jesus não foi somente um homem bom, um grande mestre, um profeta inspirado. Ele veio a terra como o Filho de Deus. Nasceu de uma mulher virgem. Teve uma vida sem pecado. Ele morreu. Foi sepultado. Ressuscitou no terceiro dia. Subiu aos céus onde tornou se Nosso Senhor.A morte de Jesus e ressurreição em nosso favor satisfez as exigências de Deus: uma provisão completa para eliminar nosso pecado. Este Jesus, e somente Ele, esta qualificado para ser o remédio para o nosso pecado.
O arrependimento - pessoal é vital no processo de transformação. Arrependimento literalmente significa “uma mudança na maneira de pensar.” Consiste em dizer ao Pai: “Quero estar contigo e longe da vida que levava independente de Ti. Eu peço perdão pelo que tenho sido e o que tenho feito, quero mudar de maneira permanente. Eu recebo o perdão por meus pecados.”
Neste ponto, são muitos os que experimentam uma notável “purificação” de coisas que haviam acumulado por toda uma vida, todas elas capaz de degradar a alma e o espírito de uma pessoa. Sentimos ou não o perdão de Deus, se nos arrependemos, podemos ter a segurança total de que estamos perdoados. Nossa confiança é baseada na promessa de Deus, e não como sentimos.
Alcançamos uma relação pessoal com o Senhor quando tomamos a maior decisão da vida – o ponto critico que nos referimos anteriormente. Esta decisão consiste em crer que Jesus é o Filho de Deus, aquele que morreu por nossos pecados, que foi sepultado e ressuscitou da morte – e como conseqüência o recebemos como Senhor e Salvador. Quando cremos desta forma, nos tornamos filhos de Deus. Esta prometido expressamente no evangelho de João: “Mas a todos quantos o receberam, aos que crêem em seu nome, deu lhes o direito de ser filhos de Deus” (João 1:12).Você quer receber a Jesus Cristo como seu Salvador? Se você desejar pode fazer esta oração:
“Senhor Jesus, eu preciso de Ti. Eu me arrependo da vida que tive longe de Ti. Obrigado por morrer na cruz para pagar o preço por meus pecados. Eu creio que és o Filho de Deus e agora eu te recebo como meu Senhor e Salvador. Eu consagro minha vida a te seguir.” ·
Você fez esta oração?

AMOR E ASSISTENCIALIDADE

Se as pessoas soubessem que o único caminho de alcançar a plena felicidade é através do Amor, elas seriam diferentes. O Amor toca, modifica, transmite, transforma, ece, embeleza, anestesia, limpa, pacifica, ilumina, perdoa, eleva, liberta, traz esperança, encanta, qualifica, evolui, etc. O Amor é a única força que permeia e atinge qualquer lugar e qualquer dimensão. Vai do mais baixo dos umbrais a mais fina e sutil dimensão.O Amor permeia tudo, todo o Cosmos e é parte latente em qualquer ser: numa planta, num peixe, num animal de estimação, em nós e em qualquer um. O Amor não possui nada e por isso não cobra, não exige, pois é livre e de todos.O Amor nos é oferecido de graça para nossa felicidade e ainda assim o recusamos e ainda reclamamos do porquê não somos felizes. Na maioria das vezes buscamos a felicidade fora de nós, nas festas, eventos sociais, prazeres efêmeros, no dinheiro e riquezas, no sexo, no status social e em diversas mediocridades, e não enxergamos que o que pode nos fazer felizes é algo que já nascemos com ele e não enxergamos. Somos cheios de ódio, de vinganças, de mágoas, de raivas e ressentimentos. Somos figuras difíceis de perdoar plenamente e vivemos a vida amargando o nosso próprio azedume fedorendo.Os seres só evoluem através da assistência que é um fino gesto de amor. Podemos ajudar através do esclarecimento ou da consolação ou mesmo de ambos. Podemos dar um sorriso sincero, uma informação na rua, uma esmola ao velho, uma comida ao faminto, visitar um idoso abandonado, consolar um drogado, doar um agasalho, ensinar higiene, não debochar do colega e até mesmo efetuar o passe no escuro que é um gesto que exige uma condição conciencial e parapsíquica avançada. Podemos ajudar, no trabalho, em casa, ou quando estivermos dormindo. Podemos exteriorizar alguma energia bem qualificada com o chacra correto, no momento certo para pessoa que necessita e ela nem descobrirá que foi auxiliada, e nem terá como recusar esta ajuda. Quantas vezes fomos ajudados sem sequer perceber que alguém nos ajudou. Fico imaginando quantas vezes meu amparador me ajudou e eu nem notei, quantas vezes ele tentou me ajudar e eu nem colaborei com ele para colaborar comigo numa cegueira multidimensional.Sei que não temos qualquer escolha, o amor é universal e é uma regra imposta por Deus de forma que quem o abraça é feliz e tem tudo e quem o recusa somente amarga sozinho e seco.Amar, perdoar e assistir a todos. Não há outra alternativa entre nós. A maxifraternidade é um principio imposto e descoberto pouco a pouco pela consciência através da própria evolução. O amor é paciente e espera, ajuda na dose certa, em tarefas de abnegação e renúncia. Todo ato de assistencialidade, por menor que seja, significa fraternidade, revela-se produtivo e merece louvor. Melhor um tipo qualquer de assistência do que nenhum. Contudo, a assistência tem características universalistas próprias inconfundíveis.Existem 2 tipos de assistência ou tarefas fraternas: a tarefa da consolação e a tarefa do esclarecimento. A consolação é primária, simpática, diz mais sim do que não, exige gratidão e é imediatista. O esclarecimento é evoluído, antipático, diz mais não do que sim, não pede nada para si, não exige gratidão e repercute mais a longo prazo. A consolação dá o peixe o esclarecimento ensina a pescar. O tipo ideal de assistência é uma conjunção das duas, pois é impossível praticar apenas o esclarecimento. É necessário treinar primeiro na consolação para se desenvolver bases energéticas para o esclarecimento. Nosso site é de esclarecimento. Existem pessoas fanáticas (da Conscienciologia), que se tornam arrogantes por insistirem em praticar somente o esclarecimento. O esclarecimento destes xiitas é baseado em intelectualidade teórica, sem prática bioenergética e sem consolação. Eles consideram humilhante praticar consolação e por se sentirem superiores desejam praticar somente o esclarecimento que no meio deles é chique e dá ibope. A intelectualidade não é o suficiente para entender os processos da consciência, é preciso conjugar mente e coração para se potencializar exponencialmente os resultados esperados em qualquer campanha de fraternidade. A falta de prática e o excesso de teoria, leva pessoas a interpretações errôneas, baseadas em livros e em gurus que pregam que o que serve para eles é uma regra para todas as pessoas. Pura falta de lucidez e discernimento consciencial.No planeta Terra com muitos países, criaturas, costumes, religiões e interesses, todos os habitantes, naturalmente, são irmãos. Feliz daquele que aprende o ângulo universal do maxifraternismo, ultrapassa a barreira dos tabus e realiza a assistência universalista ainda na vida humana, pois recebe primeiro o benefício da libertação terrestre rumo a níveis melhores através das tarefas de fraternidade.

Acredite em você


A vida coloca em nossos destinos pessoas e obstáculos,
A cada obstáculo uma surpresa, as vezes estas surpresas são desagradáveis
Basta saber lidar com esta situação e daremos a volta por cima.

As pessoas que passam pelo nosso caminho deixam marcas,
Algumas deixam marcas inesquecíveis e agradáveis de se lembrar
E outras deixam marcas de dor e sofrimento, mas é só encará-las de frente.

Superar situações é sinal de força e coragem,
Mas às vezes começamos a nos decepcionar sem tentar superá-las
E nos damos por vencidos, mas levante a cabeça e encare todas elas com justiça e sabedoria.

As vezes pensamos em desistir de tudo e de todos, e nos entregar de corpo e alma a uma pessoa,
Mas pense bem, será que esta pessoa merece todo este sacrificio?
Não haja por impulso, sempre pare, pense e reflita, com calma, justiça e sabedoria.

Não deixe de lutar pelos seus ideais e pro tudo aquilo que você acha que é o certo a fazer...

Que DEUS não permita que eu perca o ROMANTISMO,mesmo eu sabendo que as rosas não falam. Que eu não perca o OTIMISMO, mesmo sabendo que o futuro que nos espera não é assim tão alegre.Que eu não perca a VONTADE DE VIVER, mesmo sabendo que a vida é, em muitos momentos,dolorosa...Que eu não perca a vontade de TER GRANDES AMIGOS, mesmo sabendo que, com as voltas do mundo, eles acabam indo embora de nossas vidas...Que eu não perca a vontade de AJUDAR AS PESSOAS, mesmo sabendo que muitas delas são incapazes de ver, reconhecer e retribuir esta ajuda. Que eu não perca o EQUILÍBRIO, mesmo sabendo que inúmeras forças querem que eucaia. Que eu não perca a VONTADE DE AMAR, mesmo sabendo que a pessoa que eu mais amo, pode não sentir o mesmo sentimento por mim...Que eu não perca a LUZ e o BRILHO NO OLHAR, mesmo sabendo que muitas coisas que verei no mundo, escurecerão meus olhos...Que eu não perca a GARRA, mesmo sabendo que a derrota e a perda são dois adversários extremamente perigosos.Que eu não perca a RAZÃO, mesmo sabendo que as tentações da vida são inúmeras e deliciosas.Que eu não perca o SENTIMENTO DE JUSTIÇA, mesmo sabendo que o prejudicado possa ser eu. Que eu não perca o meu FORTE ABRAÇO, mesmo sabendo que um dia meus braços estarão fracos...Que eu não perca a BELEZA E A ALEGRIA DE VER, mesmo sabendo que muitas lágrimas brotarão dos meus olhos e escorrerão por minha alma...Que eu não perca o AMOR POR MINHA FAMÍLIA, mesmo sabendo que ela muitas vezes me exigiria esforços incríveis para manter a sua harmonia. Que eu não perca a vontade de DOAR ESTE ENORME AMOR que existe em meu coração, mesmo sabendo que muitas vezes ele será submetido e até rejeitado. Que eu não perca a vontade de SER GRANDE, mesmo sabendo que o mundo é pequeno...E acima de tudo...Que eu jamais me esqueça que Deus me ama infinitamente, que um pequeno grão de alegria e esperança dentro de cada um é capaz de mudar e transformar qualquer coisa, pois....A VIDA É CONSTRUÍDA NOS SONHOS E CONCRETIZADA NO AMOR!Por um grande homem Chico Xavier